Redirecionamento 301

Noção, utilização e funcionamento do Redirecionamento 301

redirect 301
Este artigo é patrocinado por: «A sua instituição aqui»

Redirecionamento 301 é o termo usado para explicar o encaminhamento automático de um visitante de uma página na Internet para outra.

 

Há diferentes cenários em que pode ser necessário usar um Redirecionamento 301: desde manter a experiência do utilizador agradável até evitar problemas que possam atrapalhar novas conversões.

 

Quando deve ser usado o Redirecionamento 301?

O principal motivo para utilizar o redirect 301 é ele transmitir quase que integralmente a autoridade do antigo endereço para o novo, o que não acontece com o redirect 302 ou com redirecionamentos feitos por meio de Javascript.

Por isso, os motivos mais comuns em que faz todo o sentido usar o redirect 301 são os seguintes:

 

– Migração de um site

O uso mais comum do Redirecionamento 301 é na migração de um site. Isso pode acontecer quando uma empresa troca de domínio, por exemplo (de empresa.pt para empresa.com).

Com o Redirecionamento 301, cada vez que um visitante escrever o endereço URL antigo, será automaticamente encaminhado para um novo URL.

 

– Redirecionar uma página que já não existe

O Redirecionamento 301 ou redirect 301 também se usa em páginas que, com o passar do tempo, deixaram de existir, como é o caso de páginas relacionadas com promoções ou eventos temporários. Como os links para essas páginas não desapareceram, alguns utilizadores ainda podem tentar aceder, pelo que através do Redirecionamento 301 são transportados automaticamente para outras páginas (nomeadamente a Home Page), evitando assim a famosa página de erro 404.

 

– Impedir conteúdo duplicado

Em casos de endereços URL muito idênticos, e de modo a impedir que os motores de pesquisa considerem o conteúdo duplicado, pode-se usar o Redirecionamento 301 para transferir os visitantes de uma página para outra, escolhendo uma das páginas “iguais” como a principal, sem prejudicar as estratégias SEO (Search Engine Optimization).

 

– Atualizar um URL

Em alguns casos, pode-se decidir mudar a estrutura dos endereços URL para torná-los mais amigáveis e quebrar URLs antigos. Usando o Redirecionamento 301, transportam-se permanentemente os utilizadores para as novas páginas.

 

Como funciona o Redirecionamento 301?

Se se mudarem as instalações numa loja física, de uma rua para outra, basta colocar na montra da loja antiga a morada da nova loja. Isso é o mesmo que usar o Redirecionamento 301 no ambiente virtual. É quase como alguém que fica ali, na página antiga, para conduzir os visitantes às novas instalações, ao novo site, por exemplo.

Além do redirect 301, existem vários outros códigos de retorno, que indicam diferentes operações no acesso a uma página web. Entre eles:

 

302 – Representa um redirecionamento temporário, ao contrário do 301, que é permanente.

404 – Indica que a página que o utilizador está à procura não foi encontrada.

500 – Código de erro interno do servidor que significa que algo no próprio servidor do site impediu o acesso à página em questão.

 

Qual a diferença entre redirecionamento 301 e 302?

O Redirecionamento 302 é temporário, altera o endereço da página de forma provisória durante umas horas ou até alguns dias. Após essa data, volta a ser encontrado pelo endereço URL antigo.

O Redirecionamento 301 ou redirect 301 é fixo, uma vez trocado o endereço URL, mantém-se para sempre ou até novo Redirecionamento 301.

 

Como fazer o redirecionamento 301?

O Redirecionamento 301 é feito no servidor, por isso vai depender bastante do tipo de servidor que a empresa usa. Este aspeto mais técnico ultrapassa as funções dos profissionais de Marketing Digital. Normalmente é da competência dos técnicos de informática ou da empresa responsável pelo alojamento do site. Seja como for, há guias disponíveis na Internet que ensinam a colocar o Redirecionamento 301. Depois, para verificar se ficou bem e está a funcionar, é só usar-se, por exemplo, o Google Webmaster Tools (GWT) ou a ferramenta HTTP Header Checker. Se as páginas não forem corretamente redirecionadas, haverá um aumento, indicado no GWT, de páginas não encontradas ou erro 404. Este aumento do número de páginas não encontradas pode reduzir, a longo prazo, o ranking do site, já que o mesmo não oferece uma boa experiência para o utilizador.

 

190 Visualizações 1 Total
190 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.