Freenet

O termo Freenet designa uma máquina na Internet dedicada a fornecer acesso à Internet de forma gratuita.

O termo Freenet designa uma máquina na Internet dedicada a fornecer acesso à Internet de forma gratuita. O acesso é fornecido através de bibliotecas públicas ou acesso dial-up. Geralmente oferece serviços de BBSs, correio electrónico e acesso (restrito, em geral) à Internet.

O Freenet é um software de código aberto que é usado para a partilha de dados peer to peer através da Internet, e proporciona métodos de proteção de privacidade rigorosas. O Freenet existe numa rede descentralizada e é projetado para permitir a liberdade de expressão sem censura. Ao permitir que os utilizadores partilhem anonimamente os dados através da partilha de largura de banda e espaço no disco rígido (conhecido como armazenamento de dados). O Freenet pode ser definido como uma Internet dentro da Internet, pois os utilizadores não estão limitados à partilha de ficheiros, mas podem usá-lo para qualquer finalidade.

O conceito de software e armazenamento de dados do Freenet foi originalmente desenvolvido por Ian Clarke, mas ele esteve em constante evolução desde o ano 2000. Ele é diferente dos aplicativos de partilha peer to peer tradicionais em termos das suas características de segurança e da sua interatividade. Ele pode ser usado somente para aceder ao conteúdo que foi carregado para a rede Freenet. Em geral, é usado para a publicação de freesites, comunicando-se através de mensagens, distribuição de conteúdo, ativação de fóruns e também para download. A comunicação dele é encaminhada através de nós alternativos, o que diminui a hipótese dos utilizadores Freenet poderem ser rastreados. Ele também permite que outros utilizadores possam continuar a transferir um ficheiro, mesmo após o utilizador que o enviou ficar offline. As principais características da aplicação são as seguintes:

  • Sobrevivência: É virtualmente impossível conseguir atacar ou destruir o sistema devido aos seus processos descentralizados e ao anonimato do utilizador. Assim, ele é capaz de sobreviver a ataques maliciosos e falsificações.
  • Anti-Spy: É extremamente difícil conseguir espionar as atividades de um utilizador do Freenet.
  • Segurança criptográfica: O seu sistema de segurança criptográfica é altamente seguro contra a falsificação maliciosa.
  • Eficiência: O Freenet é projetado de modo que cada utilizador possa aceder ás informações necessárias e depositá-las da maneira mais eficiente. Ele oferece o uso de largura de banda mínima e eficiência do serviço, independentemente da carga.
  • A remoção de ficheiros: O Freenet tem os seus próprios critérios para a remoção de ficheiros, o que é fora do controlo dos utilizadores. Os ficheiros que são frequentemente menos utilizados são excluídos. Os arquivos que são frequentemente mais utilizados (os ficheiros mais populares) são mantidos.
299 Visualizações 2 Total
299 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.