Abort

O termo inglês Abort designa o terminar de forma abrupta um programa ou procedimento que esteja em curso no computador.

O termo inglês Abort e que em português significa abortar, designa o terminar de forma abrupta um programa ou procedimento que esteja em curso no computador. Isso acontece quando são dadas instruções ou inseridos dados no computador que ele não reconhece, ou quando um programa tenta usar a memória para além de um limite definido. Abort é geralmente o resultado da lógica errônea do software do programa ou no sistema operativo.

Uma falha de hardware pode parar um computador que não tenha componentes redundantes. Por exemplo, um curto-circuito na placa-mãe irá parar uma operação, no entanto, uma falha na memória pode fazer com que uma instrução pare, fazendo com que pareça uma falha de software. Se o abort ocorre devido a um erro de um programa e o sistema operativo não é resiliente, o computador fica bloqueado e tem de ser reiniciado. Os sistemas operativos atuais tentam terminar apenas a aplicação com erros e permitem que as aplicações restantes possam continuar. Como os sistemas operativos evoluíram ao longo dos anos, eles tornaram-me mais livres de erros e mais tolerantes com os erros nos programas, e há menos reinicializações quando um programa pára de funcionar. No entanto, todos os sistemas operativos não são cem por cento infalíveis, e programas maus fazem com que sistemas operativos abortem. Isto é, a principal motivação para a virtualização dos computadores.

Se considerarmos o que se passa dentro de um computador, podemo-nos perguntar como é que ele não falha mais vezes. Um computador doméstico comum pode facilmente ter 32 bilhões de bits. Cada segundo, milhões deles mudam o seu estado entre carregados e não carregados (1-0; 0-1). Se apenas um bit falhar, ele faz com que uma instrução seja inválida, e pode ocorrer um abort.

 

445 Visualizações 1 Total
445 Visualizações

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo

Flag Counter