Euler, Leonhard

Leonhard Euler

Leonhard Euler

Leonhard Paul Euler foi um prestigiado matemático e físico suíço. Nascido em Basileia, a 15 de Abril de 1707, Euler era o filho mais velho do pastor calvinista Paul Euler e de Marguerite Brucker, filha de um pastor, e tinha duas irmãs mais novas, Anna Maria e Maria Magdalena. A sua infância foi passada em Riehen, na Suíça. Por influência do pai, que pretendia que tal como ele, também Leonhard ingressasse numa carreira religiosa, estudou Teologia, e aos 17 anos formou-se na Universidade de Basileia. Desde cedo que Euler demonstrou grandes aptidões na área da Matemática, e durante a sua formação recebeu aulas particulares de Johann Bernoulli, um dos matemáticos mais importantes da Europa e grande amigo da família Euler.

Com apenas 20 anos, no ano de 1727, Euler integrou a Academia de S. Petersburgo, na Rússia, onde desempenhou funções como assistente de Matemática, ao mesmo tempo que exercia o cargo de médico da marinha russa. Corria o ano de 1731 quando Leonhard Euler se tornou oficialmente professor de Matemática. Foi também na Rússia que Euler conheceu a sua esposa, Katharina Gsell, com quem teve 13 filhos, embora apenas 5 tenham chegado a atingir a idade adulta.

Apesar de prestigiado na sua área, fama e reconhecimento no campo da Matemática a nível mundial é só alcançada em 1735, quando Euler resolve o “problema da Basileia”, o qual consistia na soma da série infinita dos inversos dos quadrados.

Além dos estudos na área da Matemática, Euler também se destaque pelos seus contributos para as áreas da física e astronomia, e mesmo após a perda da visão do olho direito, em 1738, Euler continua a desenvolver os seus estudos em diversas áreas científicas.

No entanto, devido à instabilidade política que se fazia sentir no país, Euler e a sua família são forçados a abandonar a Rússia; o matemático instala-se então em Berlim, na Alemanha, onde ingressa na Academia de Berlim, tendo ainda sido tutor da Princesa Anhalt-Dessau. Alguns anos mais tarde, em 1766, Euler regressa à Rússia, onde se tornou diretor da Academia de S. Petersburgo, e onde acabou por falecer vítima de acidente vascular-cerebral aos 76 anos, a 18 de Setembro de 1783.

A vida de Euler foi extremamente preenchida no que diz respeito aos seus contributos para o mundo científico, sendo considerado um dos melhores e mais produtivos matemáticos de sempre, tendo estudado áreas como a Teoria de Números, séries, cálculo de variações, mecânica, o problema das membranas vibrantes, o logaritmo de números negativos (números imaginários), o Pequeno Teorema de Fermat ou a Teoria dos Grafos, que representa a resolução do problema das Sete Pontes de Königsberg. Foi ainda Euler que provou que todos os números perfeitos pares são da forma dada por Euclides, 2n-1(2n – 1), onde 2n – 1 é primo. É ainda a Euler que se deve a invenção do jogo Sudoku, o qual foi inspirado no quadrado latino, inventado pelo Matemático ainda no século XVIII.

A contribuição deste Matemático foi reconhecida internacionalmente por diversas vezes, tendo ganho 12 vezes o prémio da Academia de Paris; Euler foi ainda representado na sexta série das notas do banco Suíço e em numerosos selos da Suíça, Alemanha e da Rússia, é comemorado pela Igreja Luterana no dia 24 de Maio, no Calendário dos Santos e o asteroide 2002 foi chamado Euler em sua homenagem.

523 Visualizações 1 Total
523 Visualizações

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo