Gostaria de ser nosso colaborador?

É especialista em alguma das áreas de conhecimento presentes na nossa enciclopédia? Tem gosto pela escrita? Gostaria de ser editor numa enciclopédia em português, integralmente escrita por especialistas? Gostaria de partilhar conhecimento?

Se a sua resposta é sim, então envie-nos o seu CV para geral@knoow.net para que possamos analisar e enviar mais detalhes sobre a forma de colaboração.

 

Áreas para as quais procuramos especialistas:

  •  Biologia
  •  Economia
  •  História
  •  Medicina
  •  Medicina Veterinária
  •  Filosofia
  •  Sociologia
  •  Contabilidade
  •  Direito
  •  Mecânica
  •  Química
  •  Física
  •  Matemática

 

Ptolomeu, Claudio

Cláudio Ptolomeu foi um importante astrónomo, matemático e geógrafo grego.

Pouco se sabe sobre a vida de Claudio Ptolomeu. Nasceu, provavelmente, no ano 90 depois de Cristo, em Tolemaida, Hérmia (Egipto) e faleceu, por volta do ano de 168 depois de Cristo em Alexandria (Egipto). Claudio Ptolomeu é reconhecido pelos seus importantes trabalhos de investigação que contribuíram para o avanço da astronomia, matemática, geometria, física e geografia.

Escreveu obras relevantes, e das quais podemos destacar, “Geographile Hyphegesis”. Nela descreveu os locais conhecidos até à data, no mundo ocidental, embora as descrições revelassem algumas imprecisões de cálculo. Esta obra foi um modelo para os cartógrafos renascentistas e considerada também por muitos como o primeiro Atlas conhecido. Os estudos que fez sobre as latitudes e longitudes para situar um ponto numa carta gerou o sistema recto de paralelos e meridianos distribuídos regularmente. Também passou a introduzir a orientação dos mapas a norte. Estes dois pontos constituem os alicerces do sistema de coordenadas usado nos dias de hoje. No entanto, foram algumas dessas imprecisões e erros de cálculo que levaram a que a Ásia se estendesse mais a leste na feitura dos seus mapas ficando assim mais próxima do espaço europeu. Este facto, levou a que séculos mais tarde, Cristóvão Colombo se baseasse neste Atlas e começasse a sua viagem marítima pelo Ocidente.

Para além dos estudos na área da Geografia, Ptolomeu, foi também autor de “Harmonica”, um tratado constituído por 3 volumes sobre música da época, e de “He Mathematiké Syntaxis”, mais conhecido em português como Almagesto. O Almagesto é uma obra dividida em 13 livros e ainda hoje é considerado obra fundamental da Astronomia, Geometria e Trigonometria. Nela, Claudio Ptolomeu, defendeu a teoria de que a Terra seria o centro do Universo e que era à sua volta que giravam a Lua, Mercúrio, Vénus, o Sol, Marte, Júpiter e Saturno. Ficava assim aprofundada a teoria do universo geocêntrico ou geocentrismo, iniciada por Aristóteles. Esta tese, apesar de contestada por vários teólogos (um deles foi Isaac Newton), prevaleceu até ao século XVI. Durou 14 séculos e foi derrubada por Nicolau Copérnico. Nesta obra, deu também continuidade aos trabalhos realizados anteriormente por Hiparco. Hiparco teria feito o registo de 850 estrelas. Ptolomeu veio a catalogar 1022 estrelas, sendo 172 descobertas por ele mesmo. No livro explica também como construiu o astrolábio e o seu funcionamento. A ele também se deve o desenvolvimento de um dos mais importantes livros de astrologia, o Tetrabiblos, baseado em escritos anteriores e no qual demonstrava que os padrões de comportamentos das pessoas e algumas das características físicas inatas eram determinadas em função pelo sistema estelar. Segundo cronistas da época, existem outras duas obras atribuídas a Ptolomeu e que actualmente se encontram desaparecidas. São elas “Peri diastáseos”, que defendia teses da tridimensionalidade no espaço e “Peri ropon”, que abordaria questões de física mecânica.

439 Visualizações 1 Total
439 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo