Carga Eléctrica Elementar

Carga Eléctrica Elementar

A carga eléctrica elementar (e) corresponde, por definição, à menor carga (indivisível) que pode ser detida por uma partícula, sendo por isso utilizada como unidade de medida de carga eléctrica no sistema de unidades atómicas.

O físico Robert Andrews Millikan foi quem pela primeira vez mediu a carga eléctrica de um electrão na célebre experiência da gota de óleo realizada em 1909, tendo na altura chegado a valores muito próximos dos que são actualmente aceites.

Quer o protão, quer o electrão possuem carga eléctrica igual à carga eléctrica elementar, mas de sinal contrário. Por convenção foi definido que o protão tem carga eléctrica positiva (+e) e o electrão tem carga eléctrica negativa (-e). A partir da carga eléctrica elementar é possível calcular qualquer carga eléctrica, a qual será sempre um seu múltiplo inteiro. Crê-se que os quarks possuam cargas eléctricas fraccionárias de e/3. Contudo, estas partículas nunca foram encontradas sozinhas mas sempres agrupadas em partículas compósitas como o protão e o neutrão cuja carga eléctrica é sempre inteira.

Valor da carga eléctrica elementar:

Segundo o Sistema Internacional de Unidades, o valor da carga eléctrica elementar (e) é:

e = 1,602.177 . 10-19 C,
em que C é a unidade de carga coulomb.

447 Visualizações 1 Total
447 Visualizações