Anã Castanha

Conceito de Anã Castanha – Uma anã castanha é um objecto celeste gasoso que não possui massa suficiente para produzir uma fusão nuclear (…)

Conceito de Anã Castanha

Uma anã castanha é um objecto celeste gasoso que não possui massa suficiente para produzir uma fusão nuclear sustentada no seu núcleo central. São portanto uma espécie de estrelas falhadas, condenadas a passarem toda a sua vida num lento processo de arrefecimento e contracção.

Existe um conjunto de razões para que uma anã castanha não se consigam transformar em estrelas activas. Por um lado, para iniciar o processo de fusão nuclear do hidrogénio é necessário que a temperatura no interior da estrela atinja cerca de dez milhões de graus kelvin. Para atingir esta temperatura será necessário que a densidade do objecto aumente à medida que a sua massa vai diminuindo. Contudo, existe um momento a partir do qual a pressão da degeneração supera a pressão térmica e impede que a densidade continue a aumentar, impedindo assim o início do processo de fusão nuclear. É daqui que se conclui que os objectos celestes gasosos deverão ter necessariamente uma massa superior a um determinado valor mínimo para se poderem transformar em estrelas pois, caso contrário, ficarão sob a forma de anãs castanhas. Essa massa mínima está estimada em cerca de 8% da massa solar, constituindo por isso o limite máximo de massa para uma anã castanha.

529 Visualizações 1 Total
529 Visualizações

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo

Flag Counter