Webinário

Conceito, objetivo, vantagens e características de um Webinário

Webinar

O termo Webinário ou Webinar – que junta as expressões web e seminário – significa seminário através da Internet. Por outras palavras, em vez de se tratar de uma reunião presencial ou numa sala de aula, um Webinário é uma forma de expor um conteúdo de forma académica no meio online.

 

Um Webinário é particularmente útil para empresas (e até particulares) que pretendam transmitir os seus conhecimentos sobre determinada área. Tem a vantagem acrescida de poder conseguir que os alunos/espetadores que estão em contato direto se sintam impelidos pelo conteúdo apresentado a adquirirem algum tipo de produto/serviço.

Exemplo: Se uma empresa promotora de desporto pretende mostrar os seus conhecimentos online, apresentando um Webinário gratuito sobre a importância do exercício físico nas diferentes faixas etárias, permite ao seu público-alvo adquirir mais conhecimentos sobre a matéria em causa de uma forma que garante confiança na proposta. E se o Webinário tiver inclusa a possibilidade de compra, é provável que no final da apresentação a empresa conte com mais alguns clientes, ou seja, mais algumas inscrições no seu ginásio!

 

Mas um Webinário ou Webinar também é útil para a assistência que procura aprender algo de uma forma rápida e fácil e que possibilite o esclarecimento de dúvidas, o que muitas vezes não acontece num curso online.

 

Principais objetivos de um Webinário

  • Apresentar um tema mais amplo com o propósito de gerar ou atrair leads;
  • Informar, com o intuito de educar os leads;
  • Demostrar algum produto ou serviço de uma empresa;
  • Fomentar um relacionamento com o público-alvo.

 

Independente do objetivo (gerar leads ou simplesmente informar), um Webinar deve fazer parte das estratégias de Marketing Digital de uma empresa, pois este tipo de iniciativa consegue facilmente atrair clientes e conduzi-los através do funil de vendas.

 

Principais vantagens de um Webinário

Os webinários têm vindo a dar vida um pouco por todo o mundo a várias reuniões de negócios e grupos de discussões, além de palestras. O seu sucesso deve-se às vantagens que este modelo apresenta quer para organizadores quer para espetadores:

 

  • Pode ser alcançado em qualquer lugar;
  • Não limita o número de participantes, nem mínimo nem máximo;
  • Permite vários níveis de interatividade (votações, pesquisas, sessões de perguntas e respostas, etc);
  • É eficiente no esclarecimento de possíveis dúvidas;
  • Promove o relacionamento entre as pessoas, de ambos os lados: assistência e organização;
  • As dificuldades de locomoção não são um problema e as pessoas podem assistir ao Webinar do local onde se sentem mais confortáveis, desde que tenham uma ligação à Internet;
  • Não há a necessidade dos espetadores se matricularem num curso, basta inscreverem-se no evento;
  • Falam sobre qualquer assunto;
  • Geram leads e educam os potenciais clientes sobre os produtos ou serviços de determinada empresa;
  • Podem ser gratuitos;
  • Os custos de produção são baixos;
  • Por vezes, podem ser visionados depois de terem acontecido em tempo real, através do acesso a uma transmissão gravada.

 

Principais características de um Webinário

Apesar de sua grande abrangência, a maioria dos webinários conta com algumas características em comum, tais como:

 

São feitos em vídeo. Os webinários são apresentados em vídeo, com elementos visuais e auditivos capazes de captar a atenção do espetador, ensinar e ao mesmo tempo entreter.

 

Usam slides. Os webinários nem sempre assentam no trabalho de um apresentador. Claro que pode haver uma pessoa a introduzir, encadear e concluir o assunto, tema do seminário, mas a maioria destas apresentações online aproveita o espaço visual, trocando pessoas por slides e até mesmo partilhando o ecrã no computador, por exemplo quando se ensina algum tipo de atividade feita precisamente em computadores (por exemplo, utilização de redes sociais).

 

São feitos ao vivo. A maioria dos webinários são ao vivo e como tal têm dia e hora exata para começar e terminar. No entanto, existem também webinários pré-gravados e automáticos e variantes nas quais, mesmo que sejam pré-gravados, o apresentador do conteúdo pode responder a questões através do chat e interagir com a audiência em tempo real.

 

Utilizam ferramentas especializadas. É possível fazer um Webinar de forma gratuita através do YouTube, por exemplo, mas esta plataforma não permite a exploração de todas as possibilidades, como disponibilizar um produto para venda ou preencher um formulário. Por isso, a maioria dos organizadores de um Webinar prefere usar plataformas dedicadas exclusivamente a este tipo de projetos.

 

Seguem uma estrutura específica. A maior parte dos webinários segue uma estrutura pré-definida: como duram pouco mais de uma hora, costumam ser constituídos por 5 a 10 minutos de introdução, 45 a 60 minutos da apresentação de conteúdo e 15 minutos para perguntas e respostas e conclusão ou considerações finais.

155 Visualizações 1 Total
155 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo