Z-Score

Conceito de Z-Score

O Z-Score, desenvovido nos anos 60 por Edward Altman, é um modelo de previsão de falências podendo ser utilizado para detectar problemas financeiros em empresas cotadas em Bolsa. A fórmula de cálculo do Z-Score utiliza diversos rácios que derivam das demonstrações financeiras, nomeadamente os seguintes:

 X1 = Capital Circulante / Total dos Activos

 X2 = Lucros Retidos / Total dos Activos

 X3 = Lucros antes de encargos financeiros e de impostos / Total dos Activos

 X4 = Capitalização Bolsista / Valor Contabilístico dos Passivos

 X5 = Vendas / Total dos Activos

Para calcular o Z-Score, os rácios anteriores são adicionados depois de multiplicados por um determinado factor de ponderação:

Z = 1,2.X1 + 1,4.X2 + 3,3.X3 + 0,6.X4 + X5

Segundo os autores do modelo, um resultado inferior a 1,81 indica uma forte probabilidade de falência, enquanto um resultado superior a 3 indica uma baixa probabilidade de falência.

Naturalmente que, à semelhança de outros modelos de análise financeira, o Z-Score deve ser analisado com os devidos cuidados principalmente no que respeita à qualidade dos dados provenientes das demonstrações financeiras – se os dados contabilísticos estiverem longe da realidade, as conclusões a retirar da análise do resultado do Z-Score não têm qualquer validade.

63 Visualizações 3 Total
63 Visualizações