Internacionalização

Conceito de Internacionalização

A internacionalização é um tipo de estratégia que consiste na transposição das estratégias de produtos e mercados e de integração vertical para outros países, o que poderá resultar numa replicação total ou parcial da sua cadeia operacional.

As primeiras decisões a tomar na estratégia de internacionalização são o para onde e o como se irá processar.

No caso do como se irá processar a internacionalização, convém distinguir entre os diversos tipos de internacionalização possíveis:

  • Transacções: consiste na comercialização de mercadorias, serviços, patentes e marcas da organização junto de entidades estrangeiras (ou seja, exportações e licenciamentos, onde se incluem os contratos de franchising). Por outras palavras, a estratégia de internacionalização do tipo transacções corresponde à transposição para o exterior da matriz de produtos/mercados.
  • Investimento Directo: consiste na transposição para o estrangeiro de parte ou da totalidade da cadeia operacional da organização que poderá assumir a forma de joint-ventures (de distribuição, de produção ou integradas) ou de criação de organizações filiais ou subsidiárias (de distribuição, de produção ou integradas).
  • Projectos: consiste no envolvimento pontual e limitado no tempo em projectos no estrangeiro, como por exemplo a exploração temporária de unidades empresariais e posterior entrega a empresas locais mediante uma compensação monetária, ou a participação em parcerias de investigação e desenvolvimento.

Quanto à questão do para onde internacionalizar, ou seja, à escolha dos países de destino, é necessária a análise de diversos factores de atractividade, entre os quais:

  • Factores comerciais, onde se inclui a dimensão do mercado, taxa de crescimento do rendimento, poder aquisitivo da população, canais de distribuição existentes e respectivos custos, nível de preços, hábitos de consumo, etc.
  • Factores operacionais que dizem respeito à regulamentação legal e fiscal, custo e qualidade dos recursos produtivos, qualificações da mão-de-obra e níveis salariais, barreiras alfandegárias, etc.
  • Factores de risco tais como riscos cambiais, políticos, sociais ou ainda os riscos associados à possibilidade de retaliação por parte de empresas locais, etc.
4127 Visualizações 1 Total
4127 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo