Inovação

Conceito de Inovação: Além dos níveis produtividade, o desenvolvimento económico também depende da quantidade e da qualidade das inovações e aqui, mais uma…

Conceito de Inovação

Além dos níveis produtividade, o desenvolvimento económico também depende da quantidade e da qualidade das inovações e aqui, mais uma vez, a influência da qualidade da gestão é decisiva. De facto, e tal com defendia Schumpeter[i] já no início do século, a inovação é a principal fonte do sucesso das economias de mercado e do crescimento económico. Segundo Schumpeter, as inovações, sempre que satisfaçam necessidades concretas, estimulam a procura, levando ao aumento da produção e do emprego e, consequentemente, do rendimento. Um dos aspectos importantes é que não é necessário uma inovação complexa para originar este aumento do rendimento, bastando que tenha utilidade.

Segundo Peter F. Drucker[ii], a maioria das inovações decorre da exploração da mudança existindo sete áreas (ou fontes de inovação) onde as organizações devem procurar essa mudança por forma a identificar oportunidades de inovação. Essas fontes de inovação são dividas em fontes de inovação dentro da organização e fontes de inovação fora da organização:

– Dentro da organização:

  1. Acontecimentos ou resultados inesperados: no caso do sucesso ou resultados positivos inesperados, estes indicam geralmente uma transição ou tendência que abre um novo mercado potencial que poderá ser explorado através do desenvolvimento de novos produtos ou serviços; quanto ao insucesso ou resultados negativos inesperados, também podem indicar uma mudança no mercado que poderá ser transformada em oportunidade se for eficazmente aproveitada através da inovação;
  2. Incongruências: significa que existe algo que não faz sentido para a organização, originado geralmente por suposições erradas em relação ao mercado ou em relação aos processos; estas incongruências também podem constituir importantes oportunidades para a organização desde que sejam identificadas por forma a alterar as percepções ou suposições dos gestores;
  3. Necessidades de processo: as inovações orientadas a satisfação de necessidades de processo consistem na introdução de melhorias nos processos de produção ou outros, permitindo ganhos de eficiência e, consequentemente, aumento da produtividades;
  4. Mudanças inesperadas ao nível da estrutura da indústria ou do sector: os crescimentos rápidos e as alterações de estratégia dos concorrentes, clientes ou fornecedores podem ser bem aproveitadas se as suas causas forem correctamente identificadas e se forem efectuadas inovações que permitam uma adequada adaptação ao novo contexto;

– Fora da organização:

  1. Alterações demográficas: o aumento do nível educacional, idade ou dimensão de um segmento de mercado específico é facilmente identificável e previsível, constituindo também uma importante fonte de inovação.
  2. Mudanças de percepção: representa as alterações nos hábitos e estilo de vida das pessoas e podem ser identificados através, por exemplo, de sucessos ou insucessos inesperados, constituindo também uma importante fonte de inovação;
  3. Novos conhecimentos: os avanços científicos proporcionados pela investigação e desenvolvimento é a última fonte de inovação identificada por Drucker e também a menos acessível à maioria das organizações devido aos elevados recursos técnicos financeiros e humanos que normalmente exige.
350 Visualizações 1 Total

References:

  • Schumpeter, Joseph A., “Capitalism, Socialism and Democracy”, New York: Harper & Row, 1975
  • Drucker, Peter F. – “Innovation and Entrepreneurship: Pratice and Principles”, New York: Harper & Row, 1985
350 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo