Demonstrações Financeiras

Apresentação do conceito e objectivos das Demonstrações Financeiras de acordo com a norma contabilística IAS 1…

A norma internacional de contabilidade IAS 1 define as demonstrações financeiras como uma representação estruturada da posição financeira e do desempenho financeiro de uma determinada entidade. As Demonstrações Financeiras são portanto um conjunto de mapas onde estão espelhadas as informações contabilísticas, podendo ser agrupados em três tipos distintos:

  • Mapas que demonstram o património da empresa, quais as suas dívidas e qual o seu valor num determinado e preciso momento. O exemplo mais relevante deste tipo de mapas é o balanço.
  • Mapas que demonstram como se formaram os resultados ao longo de um determinado período de tempo. Um bom exemplo deste tipo de mapas é a Demonstração de Resultados.
  • Mapas que demonstram os fluxos monetários e as alterações patrimoniais num determinado período de tempo como sejam, por exemplo, as demonstrações de fluxos de caixa, as demonstrações de alterações dos capitais próprios e os mapas de origens e aplicações de fundos.

O objectivo das demonstrações financeiras é o de proporcionar informação fiável acerca da posição financeira, do desempenho financeiro e dos fluxos de caixa de uma determinada entidade que seja útil a uma vasta gama de utentes nas respectivas tomadas de decisões económicas, permitindo, simultaneamente, mostrar os resultados da gestão por parte dos gerentes dos recursos que lhes foram confiados e colocados à disposição. Para satisfazer este objectivos, as demonstrações financeiras proporcionam informação acerca dos activos, passivos, capital próprio, rendimentos e gastos e outras alterações do capital próprio e ainda acerca dos fluxos de caixa. Estas informações, contidas em mapas como o balanço, a demonstração de resultados, a demonstração de alterações no capital próprio e a demonstração de fluxos de caixa, juntamente com informação contida nas notas, ajudam os utentes das demonstrações financeiras a prever os futuros fluxos de caixa da entidade e a sua tempestividade e grau de incerteza.

De acordo com as Normas Internacionais de Contabilidade, um conjunto completo de demonstrações financeiras deve incluir:

  1. um balanço;
  2. uma demonstração dos resultados;
  3. uma demonstração de alterações no capital próprio que mostre ou:
    1. todas as alterações no capital próprio, ou
    2. as alterações no capital próprio que não sejam as provenientes de transacções com detentores de capital próprio agindo na sua capacidade de detentores de capital próprio;
  4. uma demonstração dos fluxos de caixa; e
  5. notas, compreendendo um resumo das políticas contabilísticas significativas e outras notas explicativas.

 

1515 Visualizações 1 Total
1515 Visualizações