Gostaria de ser nosso colaborador?

É especialista em alguma das áreas de conhecimento presentes na nossa enciclopédia? Tem gosto pela escrita? Gostaria de ser editor numa enciclopédia em português, integralmente escrita por especialistas? Gostaria de partilhar conhecimento?

Se a sua resposta é sim, então envie-nos o seu CV para geral@knoow.net para que possamos analisar e enviar mais detalhes sobre a forma de colaboração.

 

Áreas para as quais procuramos especialistas:

  •  Biologia
  •  Economia
  •  História
  •  Medicina
  •  Medicina Veterinária
  •  Filosofia
  •  Sociologia
  •  Contabilidade
  •  Direito
  •  Mecânica
  •  Química
  •  Física
  •  Matemática

 

Bolsa de Valores Sociais (BVS)

O que é a Bolsa de Valores Sociais (BVS) e quais as suas características; quando foi criada e que são os seus dinamizadores; como funciona e que a ela pode recorrer…

Bolsa de Valores Sociais

O que é a Bolsa de Valores Sociais

A Bolsa de Valores Sociais (BVS), é uma plataforma de financiamento de instituições sociais da sociedade civil criada em Portugal em 2009 e que tem como objetivo a canalização de investimentos para projetos e organizações do ‘Setor da Economia Social’, promovendo para isso o encontro entre investidores e organizações que necessitam de financiamento para os seus projetos.

Como funciona a Bolsa de Valores Sociais

A Bolsa de Valores Sociais nasceu em Portugal em 2009 dentro da rede Euronext, podendo no futuro vir a funcionar como um modelo para as restantes Bolsas de Valores europeias, membros daquela rede. —A sua gestão é da responsabilidade da Associação BVS para o Financiamento Sustentável do Impacto Social, que funciona no âmbito do eixo de atividade de Inovação Social da Fundação EDP. Conta ainda com os apoios da própria Euronext e da Fundação Calouste Gulbenkian, entidades que se juntaram ao projeto da Fundação EDP.

A BVS surgiu numa óptica completamente inovadora, assentando na ideia do investimento em projetos promovidos por organizações do Sector da Economia Social e, simultaneamente, enquadrando-se no contexto de uma bolsa de valores. O apoio a estas organizações é visto, não numa óptica filantrópica ou de caridade, mas sim numa perspectiva de investimento que deverá gerar um novo tipo de lucro: o «lucro social».

Assim, e nesta linha de investimento social, a BVS tem como objetivo permitir que projetos inovadores na área social ganhem visibilidade junto da sociedade civil, através da sua apresentação aos investidores sociais, os quais poderão adquirir ‘ações sociais’ ou fazer donativos. Desta forma, o investimento social pressupõe um retorno que, apesar de não financeiro, é extremamente importante: o retorno social, o qual pode ser medido em termos do impacto das organizações financiadas sobre a economia do país. Para isso, a BSV, além da avaliação técnica e financeira dos projetos e organizações, monitoriza e avalia a implementação dos projetos e avalia também o impacto social dos projetos cotados, garantindo assim que os investimentos são bem aplicados.

As áreas e projetos apoiados e dinamizados são muito diversos, incluindo áreas com a saúde e bem-estar, educação, direitos humanos, cidadania, empreendedorismo social, inclusão social e fortalecimento institucional.

Como aceder à Bolsa de Valores Sociais

A ‘cotação em Bolsa’ das ações sociais de determinada organização implica que esta assuma compromissos de transparência e de boa governança. Para isso, comprometem-se a manter actualizadas as informações sobre a evolução dos seus projectos, a fornecer um ‘Plano de Aplicação’ dos recursos para cada solicitação de transferência de verbas, bem como relatórios trimestrais técnicos e financeiros.

Como garantia das informações prestadas, a BVS pode, em qualquer momento, realizar auditorias estando a organização financiada obrigada a colocar à disposição todos os registos e documentos relativos ao projeto cotado. O incumprimento destas condições pode levar à imediata suspensão da transferência de recursos e à exclusão do projeto da BVS.

O investidor social

O investidor social é um doador que investe nas ações sociais cotadas na BVS. O investimento é efetuado através da aquisição das ações, as quais são designadas por ‘unidades de doação’, estabelecidas pela BVS na mesma lógica dos mercados de capitais tradicionais. Como referido, o retorno esperado não é financeiro mas sim medido em termos de ‘lucro social’, isto é, dos resultados para a comunidade gerados pelo projeto.

907 Visualizações 1 Total
907 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo