Operações de Open Market

Conceito de Operações de Open Market

As operações de open-market (em português, operações de mercado aberto) consistem em técnicas de intervenção dos Bancos Centrais nos mercados monetários através da compra e venda de títulos (geralmente são utilizadas obrigações do governo – os chamados títulos da dívida pública). Através destas operações, os Bancos Centrais conseguem regular a oferta de moeda numa economia e, por essa via, influenciar as taxas de juro praticadas pelos bancos comerciais, dando assim sinais ao mercado sobre as suas orientações de política monetária. A importância deste tipo de operações reside no facto dos mercados monetários estarem sujeitos a grandes flutuações, podendo afetar negativamente a economia – através das políticas de open-market as autoridades monetárias conseguem regular os mercados, impedido os eventuais efeitos nefastos das oscilações do mercado.

Ver também o conceito de Taxa de Desconto.

106 Visualizações 3 Total
106 Visualizações