Acumulação Primitiva (de Capital)

Conceito de Acumulação Primitiva – No âmbito da economia e das ciências sociais, a expressão Acumulação Primitiva, criada por Karl Marx, designa um (…)

Conceito de Acumulação Primitiva

Acumulação PrimitivaNo âmbito da economia e das ciências sociais em geral, a expressão Acumulação Primitiva, criada por Karl Marx, designa um processo histórico de acumulação de capital pelo qual se criaram as condições necessárias para o surgimento do capitalismo em diversos países do mundo. Segundo os defensores das teorias marxistas, este processo inclui a expropriação de uma parte dos camponeses e dos artesãos, os quais se transformam no proletariado cujo único ativo de que dispõe é a sua própria força de trabalho. Simultaneamente, surge uma classe burguesa que concentra em si a propriedade de todos os restantes meios de produção. Uma sociedade deste tipo caracteriza-se ela existência de um pequeno grupo de pessoas que detém o capital e de um grande grupo de pessoas que apesar de juridicamente livres, sofrem de grande carência de meios de subsistência, sendo obrigado a vender a sua força de trabalhos geralmente a preços injustos.

1835 Visualizações 1 Total
1835 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.