Gostaria de ser nosso colaborador?

É especialista em alguma das áreas de conhecimento presentes na nossa enciclopédia? Tem gosto pela escrita? Gostaria de ser editor numa enciclopédia em português, integralmente escrita por especialistas? Gostaria de partilhar conhecimento?

Se a sua resposta é sim, então envie-nos o seu CV para geral@knoow.net para que possamos analisar e enviar mais detalhes sobre a forma de colaboração.

 

Áreas para as quais procuramos especialistas:

  •  História do Brasil
  •  História de Angola
  •  História de Moçambique
  •  Medicina
  •  Medicina Veterinária
  •  Filosofia
  •  Sociologia
  •  Contabilidade
  •  Direito
  •  Mecânica
  •  Química
  •  Física
  •  Matemática

 

Aguada

A aguada, é uma técnica pictórica em pintura, que emprega cores diluídas apenas em água ou em outras substâncias liquidas, criando assim, uma mistura de tinta fluida com uma tonalidade de cor translúcida.

Esta técnica surge na Idade Média, com o surgimento de novos tipos de papel com mais qualidade, tanto em termos de absorção como de textura e densidade. Esta técnica aparece por primeira vez, mencionada nos escrito do “Tratado sobre Pintura” de Cennino Cennini, em 1437.

A dificuldade e beleza desta técnica, é saber a quantidade adequadamente que se deve empregar para diluir a tinta, para conseguir as tonalidades e transparência de cor pretendida, e assim, conseguir capturar as diferentes tonalidades de luz ou sombra, necessária para reproduzir a imagem pretendida. O termo aguada, também se aplicado, para denominar as obra realizada com esta técnica.

A técnica de Aguada, tecnicamente é parecida com a aguarela, mas é, relativamente mais simples. A aguarela é também uma técnica de pintura que utiliza corantes dissolvidos em água e possui umas qualidades de transparência e luminosidade extraordinárias. Na aguarela pode-se utilizar aguada de guache ou técnica mista.

Saber pintar utilizando a técnica de aguada não significa que se saiba pintar com aguarela. A aguarela requer muito treino para adquirir a linguagem e técnica correcta.

Aguada

Exemplos da técnica de Aguada

A característica principal da aguada é pintar com uma tinta diluída, com mais ou menos agua e assim, obter as diferentes tonalidades de cor, transparência e brilho, através do auxilio do fundo branco do papel e por meio das sobreposições de cor (camada de cor aplicada e sobrepostas umas sobre as outras). Consiste em  obter um degradado por meio da sobreposição de camadas de uma ou mais cores. Quanto mais água menor a intensidade da tinta.

Tanto a aguarela como a aguada são técnicas que exigem agilidade, segurança e espontaneidade do artista, pois é quase impossível a correcção de um erro. A aguada é uma técnica especialmente indicada para os estudos da figura humana e paisagem.

Actualmente o conceito/termo de aguada, para denotar esta técnica foi substituído por guache, que pode designar tanto o tipo de técnica como um tipo concreto de tinta, utilizada para realizar a aguada.

238 Visualizações 2 Total

References:

GOITIA, Fernando Chueca. (Org.). História Geral da Arte: Pintura VI. Espanha: Ed. Del Prado, 1995

LIRA, Isidoro Araujo y. Método práctico para el dibujo lavado, pintura de aguada y de iluminación. Verdaguer, 1833

SALLES, C. A. Redes da criação: construção da obra de arte. Vinhedo: Horizonte, 2006

238 Visualizações

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo