Acordeão

Acordeão: criação, morfologia e utilização do instrumento em diversos tipos de música.

Instrumento

O acordeão é um instrumento de fole e teclado patenteado em 1829 por Demian, em Viena, embora se acredite ter sido concebido na Alemanha, em 1822, por Buschmann, como uma espécie de órgão portátil.

Possui um único fole, utiliza um sistema de palhetas metálicas internas para produzir som (por esta razão é classificado, de acordo com o sistema Hornbostel-Sachs como um aerofone), um teclado como o do piano na mão direita e outro de botões para o acompanhamento dos baixos na esquerda. O som do acordeão é criado quando o ar presente no fole passa por pequenos tubos que o direccionam até as palhetas que, com a pressão do ar, vibram, originando o som. Quanto maior o tamanho da palheta, mais grave o som obtido, e vice versa.

O acordeão é utilizado largamente em todo o mundo. Em países como o Brasil, a Colômbia ou o México encontramo-lo sobretudo na música popular. Na Europa ou na América do Norte está muito associado à música folclórica. Apesar destas serem as suas facetas mais disseminadas, a popularidade do instrumento na música clássica/erudita tem crescido continuamente desde a sua concepção. A peça de concerto mais antiga que sobrevive até aos dias de hoje foi escrita em 1836, por Miss Louise Reisner, e intitula-se «Thême varié três brillant pour accordéon methode Reisner».

244 Visualizações 1 Total
244 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo