Locus Amoenus

Definição de “Locus Amoenus”

Locus amoenus é uma expressão latina que, traduzida para português, significa literalmente “lugar ameno” e, em sentido mais lato, “lugar idílico”.

Embora as primeiras ocorrências desta expressão se verifiquem na literatura clássica, como, a título de exemplo, na poesia bucólica de Virgílio (70 a.C. – 19 a.C.), ou nos versos de Petrónio (27 d.C. – 66 d.C.), foi a época medieval e renascentista que mais explorou este filão, cuja temática assenta na descrição de uma paisagem natural ideal e perfeita, qual paraíso pautado por um ambiente de tranquilidade e harmonia. Assim, são recorrentes as referências aos campos frescos e verdejantes, ao canto melodioso dos pássaros, ao som suave da água que corre nos riachos, ou ao colorido e ao aroma das flores e da vegetação densa, elementos que concorrem, no seu todo, para fazer despertar várias reações sensoriais e, consequentemente, subjetivas, a quem usufrui destas paisagens.

Neste sentido, esta descrição dos elementos da natureza na poesia pastoril serve mais do que um mero cenário literário agradável ou decorativo per se, na medida em que também favorece ao sujeito poético uma introspeção, ou proporciona-lhe uma certa nostalgia no que diz respeito à ausência do ser amado.

Também se verifica que o locus amoenus possibilita uma comunhão com o divino, por exemplo em Virgílio, Píndaro (517 a.C. – 438 a.C.), ou Dante (1265-1321), ou ainda um convite ao erotismo, como acontece com Giovanni Boccaccio (1313-1375).

No que diz respeito à lírica portuguesa, o tópico do locus amoenus encontra-se na produção poética de Sá de Miranda (1481-1558) ou de Bernardim Ribeiro (circa 1482 – circa 1552), apresentando, porém, uma modelação especial por parte do poeta Luís Vaz de Camões (circa 1524 – circa 1580).

Ao locus amoenus opõe-se a expressão latina locus horrendus que, literalmente, significa “lugar horrível” e que teve a sua maior projeção nas produções literárias oriundas do período do Romantismo.

102 Visualizações 2 Total

References:

Alves, Susana. «Locus Amoenus» in Carlos Ceia (org.) E-dicionário de termos literários

102 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo