Austen, Jane

Breve biografia da escritora inglesa Jane Austen: Jane Austen foi uma escritora inglesa, considerada uma das principais autoras…

Jane Austen foi uma escritora inglesa, considerada uma das principais autoras femininas na história da literatura.

Nascida em Hampshire, a 16 de dezembro de 1775, Jane era oriunda de uma família burguesa, sendo a mais jovem rapariga de uma família com oito filhos. O pai da escritora, o reverendo George Austen, bem como os seus irmãos, foram os principais responsáveis pela sua instrução; aos oito anos, Jane ingressou num colégio interno por um breve período, juntamente com a sua única irmã, Cassandra. O reverendo Austen era um ávido leitor, e a família possuía aquilo que era considerado, para a época, uma extensa coleção de livros. Após o regresso do colégio, Jane, tal como os seus irmãos, foi incitada à leitura, e desde cedo revelou bastante interesse e predisposição para a leitura e para a escrita de poemas, contos e até peças de teatro, partilhadas entre a família.

No final da sua adolescência, com 19 anos, Jane Austen terminou aquele que foi o seu primeiro romance, “Lady Susan”. Posteriormente, escreveu “Sensibilidade Bom Senso” e “Orgulho e Preconceito”, inicialmente intitulados “Elinor and Marianne” e “First Impressions”, respetivamente, romances que são ainda hoje os mais conhecidos trabalhos da altura, mas que foram rejeitados para publicação aquando da primeira tentativa da autora, em 1797, tendo sido apenas publicados bastantes anos mais tarde, em 1811 e 1813. Nestas primeiras edições, o nome do autor não era mencionado, sendo apenas referido “by a lady”, ou seja, “por uma senhora”.

Ainda em vida, Jane Austen publicou “Mansfield Park” e “Emma”. Todas as suas obras foram bastante bem recebidas na época, tendo sido vendidos diversos exemplares. Além dos romances, que mais notoriedade lhe trouxeram, a autora publicou ainda, “The Watsons”, um romance inacabado, e “Juvenilia”, uma compilação dos seus primeiros trabalhos enquanto autora, escritos ainda na adolescência.

Os seus romances representam fortes críticas à sociedade, e permitem traçar um quadro bastante fiel da época, no que respeita a costumes, vivências quotidianas, relações interpessoais, a até relativamente a detalhes decorativos e de vestuário da altura. A ironia e realismo são considerados os principais traços distintivos da escrita de Jane Austen.

Jane Austen nunca se casou, e permaneceu toda a vida na casa dos seus pais; a par do tempo dedicado à escrita, desenvolvia atividades lúdicas consideradas apropriadas para uma mulher da sua idade e estatuto, treinando piano, ajudando nas lides domésticas e comparecendo a eventos sociais dentro do seu círculo mais próximo. Faleceu com apenas 41 anos, a 18 de julho de 1817, de vítima de complicações derivadas da doença de Addison.

Após a sua morte foram ainda publicados os romances “A Abadia de Northanger” e “Persuasão” e também “Sandition”, um romance inacabado.

A obra de Jane Austen continua a ser publicada actualmente, e diversos dos seus livros foram adaptados para o cinema ou para séries de televisão.

359 Visualizações 1 Total
359 Visualizações

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo

Flag Counter