Adjetivo

Apresentação da classe de palavras Adjetivo

Apresentação da definição de adjetivo, uma classe gramatical de palavras de língua portuguesa que se refere a um substantivo ou nome e que lhe indica um determinado atributo. Em suma, os adjetivos podem flexionar em género, em número e/ou em grau.

Um adjetivo é uma classe de palavras da Língua Portuguesa que se refere a um substantivo ou a um nome e que lhe indica um determinado atributo. A principal função gramatical de um adjetivo é muitas vezes comparada com a função gramatical de um advérbio (cuja função é a de modificar um verbo, um adjetivo ou até mesmo outro advérbio) em relação aos verbos, aos adjetivos e também a outros advérbios. São exemplos de adjetivos: inteligente, lindo, bonito, fantástico, e etc.

Os adjetivos servem também para organizar o nossos discurso, da mesma forma que os substantivos ou os nomes. Os adjetivos qualificam os nomes e os substantivos e desta forma conseguimos, por exemplo, distinguir uma fruta «azeda» de uma fruta «doce». Em suma, os adjetivos servem para qualificar (atribuir uma qualidade ou característica) a um qualquer ser no geral.

Adjetivos e a sua classificação

Os adjetivos podem classificar-se segundo um universo muito amplo e ilimitado, uma vez que a sub classe a que pertencem atribui aos nomes e aos substantivos uma característica de diversos tipos, entre esses tipos estão as categorias de:

– Adjetivos de Qualidade: bonito, belo, bom, entre outros…

– Adjetivos de Defeito: feio, mau, ruim, entre outros…

– Adjetivos de cor: azul, vermelho, verde, amarelo, rosa, laranja, entre outros…

– Adjetivos de Temperatura: quente, frio, morno, etc.

– Adjetivos de Textura: duro, mole, macio, áspero, etc.

– Adjetivos de Origem: brasileiro, americano, português, belga, suíço, espanhol… Podem também ser chamados de adjetivos de Gentílicos ou Pátrios.

Existem ainda classificações para os adjetivos segundo a sua formação:

– Primitivos: são os adjetivos que formam uma unidade lexical original como por exemplo alegre, novo, antigo, bom, entre outros.

– Derivados: são os adjetivos que provêm de um substantivo, de um verbo ou de um outro adjetivo ou seja – «famoso» (de fama), «fácil» (de fazer), «requentado» (de quente) entre outros…

– Simples: são adjetivos que têm um único lexema.

– Compostos: são adjetivos formados por dois ou mais lexemas tais como «azul-marinho», «azul-petróleo», «surdo-mudo».

Os adjetivos são também classificados segundo o aspeto:

– Adjetivos Restritivos: são aqueles adjetivos que restringem o substantivo ou nome e que o tornam único num determinado contexto tal como «Homem espanhol», «casa azul», «colher prateada».

– Adjetivos Explicativos: são aqueles adjetivos que expressam uma característica inerente ao ser que está a ser representado na forma do substantivo. Por norma os adjetivos explicativos ressaltam uma característica do ser ou objeto a que se refere tais como: «sol quente», «faca afiada».

Adjetivos e a sua flexão

Os adjetivos são uma sub classe que pode flexionar em género, sendo este género masculino e género feminino, pode flexionar em número, sendo singular ou plural e também podem flexionar em grau sendo esse comparativo ou superlativo. Em suma, a flexão que acontece no caso dos adjetivos pode ser de três naturezas: flexão em género, flexão em número e flexão em grau e por norma os adjetivos são flexionados para acompanharem e concordarem com o nome que lhes está associado e também para dar mais intensidade ou comparar o seu valor.

  • Flexão em Género: acontece quando um adjetivo assume o género feminino ou masculino do substantivo que acompanha, ou seja, por exemplo: o cantor brasileiro, a escritora espanhola, o carro vermelho, a canoa amarela, a rapariga simpática. Quanto ao género os adjetivos podem ainda ser uniformes ou biformes.
  • Flexão em Número: os adjetivos flexionam em número para o plural na sequência do nome e substantivo que lhe corresponde. No caso dos adjetivos simples a flexão acontece com as regras básicas, ou seja «pessoa cordial» fica «pessoas cordiais», «criança feliz» fica «crianças felizes», «parede azul» fica «paredes azuis» e etc. No caso da flexão para o plural em adjetivos compostos normalmente dá-se através do último radical ou seja, por exemplo: problema político-institucional fica problemas político-institucionais. Esta regra não se aplica a todos os adjetivos compostos; Os adjetivos compostos que dizem respeito a nomes de cores, por exemplo, são invariáveis em número.
  • Flexão de Grau: acontece quando se pretende fazer uma diminuição ou comprar e/ou intensificar o valor do adjetivo como por exemplo através do grau comparativo ou grau superlativo. Exemplos: Menina – Menininha
142 Visualizações 2 Total
142 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo