Disney, Walt

Walt Disney

Walt Disney

Walter Elias Disney, mais conhecido como Walt Disney foi um conhecido empresário ligado à área do cinema de animação, sendo o fundador da Walt Disney Company, vulgarmente apenas Disney, uma das maiores empresas mundiais atualmente, com influência e produção em diversas áreas.

Nascido a 5 de Dezembro de 1901 em Chicago, nos EUA, desde cedo que Walt Disney revelou uma inclinação para a área artística, nomeadamente o desenho. Aos 18 anos, Walt iniciou a sua atividade artística profissional como desenhador de cartoons. Em 1923, com apenas 22 anos, o futuro empresário mudou-se para a Califórnia, mais concretamente para Hollywood, onde fundo, em conjunto com o seu irmão Roy Disney, o Disney Brothers Studio, uma produtora que se dedicava à realização de filmes animados. Aos 24 anos, Disney casou com Lillian Bounds, uma das primeiras funcionárias da sua empresa, com quem teve duas filhas, Diane e Sharon, e com quem ficaria até ao fim dos seus dias.

Apesar dos primeiros anos difíceis, num mercado ainda nos seus primórdios e em constante desenvolvimento, em 1928 Walt Disney alcançou o seu primeiro grande sucesso com a criação do mais famoso rato do mundo, Mickey Mouse, que surgiu pela primeira vez no filme “Willie do Barco a Vapor” (“Steamboat Willie”), tendo este sido o primeiro filme com sincronização sonora produzido pela Disney. Os lucros alcançados com esta curta-metragem foram investidos por Walt Disney e seu irmão na empresa, e nos anos seguintes, Disney criou diversas personagens que se uniram a Mickey em muitas das curtas então produzidas, nomeadamente Donald, Pateta (Goofy), Pluto e Minnie, entre outros. Este grupo de personagens, ainda hoje das mais conhecidas a nível mundial, trouxeram um enorme sucesso a Walt Disney e à sua empresa, o que permitiu que esta se estabelecesse financeiramente, de modo a iniciar produções mais arrojadas. Em 1937, menos de 10 anos após a criação de Mickey, Walt Disney lança a sua primeira longa-metragem, a cores e sonorizada, “Branca de Neve e os Sete Anões” (“Snow White and the Seven Dwarfs”), um enorme sucesso a nível mundial e que valeu a Walt Disney o seu primeiro Óscar honorário. A este seguiram-se muitos outros filmes que alcançaram igual ou maior sucesso, como “Bambi”, “Fantasia”, “Pinóquio” (“Pinocchio”) ou “A Gata Borralheira” (“Cinderella”), entre muitos outros.

No início dos anos 50, já totalmente estabelecido tanto a nível artístico como financeiro, Walt Disney dedicou-se a um dos seus outros projetos de sonho, a construção de um parque de atrações inteiramente dedicado ao mundo Disney criado nos anos anteriores, e assim, em 1955 foi inaugurada a Disneyland, o primeiro de muitos parques temáticos ligados a este mundo de animação.

Além da animação, principal foco de Walt Disney, este também se dedicou à produção de filmes não animados, tendo sido apenas em 1964 que uma longa-metragem não-animada da Disney conheceu o estrelato, com a estreia mundial da ainda hoje conhecida “Mary Poppins”.

Walt Disney acabaria por falecer em 1966, com apenas 65 anos, vítima de cancro do pulmão.

Ao longo da sua carreira, Walt Disney ganhou 22 Óscares, e o seu contributo para a área do cinema de animação é inegável, tendo hoje ainda uma forte influência em todo o globo.

39 Visualizações 3 Total
39 Visualizações

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo

Flag Counter