Voando Sobre Um Ninho de Cucos (1975)

Voando sobre um ninho de cucos (1975) (título original, “One Flew Over The Cuckoo’s Nest”), é um filme de comédia dramática baseado no romance homónimo de Ken Kesey e é considerado um dos principais marcos do cinema norte-americano.

Um projecto orçamentado em 4,4 milhões de dólares, dirigido pelo realizador checo Miloš Forman, o filme vê a sua história ser contada tendo como palco de enredo um hospital psiquiátrico de Oregon. Um local que, à medida que o filme progride, se mostra uma arena de rebelião, um autêntico embate entre um anti-herói chico-esperto, enérgico e espontâneo, e o Establishment institucional, e toda a representação de autoridade, personificadas no filme pela enfermeira-chefe. O protagonista, seguindo os seus mais básicos impulsos e dentro de uma ideia de expressão dos seus direitos humanos, segue uma corrente de protesto contra as pesadas regras da instituição, insurgindo-se mediante uma série de actos dados como ilegais e atentados contra o regime institucional, o que leva, em última instância, a um derradeiro preço e sua consequente neutralização.

4845075089_eb46fc0259_b

Elenco

A personagem principal, R. P. McMurphy, é protagonizada por Jack Nicholson, que havia já participado em filmes de culto tais como “Easy Rider” (1969) ou “Five Easy Pieces” (1970). Já a personagem Enfermeira Ratched, a figura simbolicamente dominante, havia já sido rejeitada por uma série de actrizes, tais como Anne Bancroft, Colleen Dewhurst, Geraldine Page, Ellen Burstyn, e Angela Lansbury, até que finalmente Louise Fletcher seria a escolhida para preencher o papel. De igual forma, o próprio papel oferecido a Nicholson havia sido anteriormente indicado a James Caan, bem como a Marlon Brando e a Gene Hackman. O restante elenco é composto por actores de renome tais como William Redfield, Will Sampson, Brad Dourif, Christopher Lloyd e Danny DeVito.

Todo o filme acabaria por ser filmado de forma sequenciada, com excepção da cena de pesca que seria filmada em último lugar, uma vez tratar-se da única cena realizada no exterior.

Obra original

O argumento seria adaptado a partir do romance best-seller de Ken Kesey de 1962, com o mesmo nome, e estruturado de maneira a que atraísse e satisfizesse as expectativas do público dos anos setenta.

Efectivamente, o romance havia sido dramatizado e exposto como peça de teatro na Broadway, por volta de 1963, tendo como actor principal Kirk Douglas, assegurando o papel de McMurphy, bem como Gene Wilder no papel de Billy Bibbit, o jovem introvertido e gago. Kirk Douglas viria mesmo a adquirir os direitos sobre o romance, mas não conseguiria ter sucesso em obter apoio dos estúdios para produzir o filme. Após uma série de anos exibido como peça teatral, Kirk Douglas viria a transmitir os direitos sobre o filme para o seu filho, o bem conhecido actor e produtor, Michael Douglas, que, juntamente com Saul Zaentz, viriam a produzir o filme com o apoio da United Artists. Uma vez que Kirk Douglas, já sexagenário, era considerado demasiado velho para assumir o papel principal, Jack Nicholson, com 38 anos, seria consequentemente elencado.

Todas as personagens secundárias apresentadas no romance de Kesey, eram inspiradas em pacientes psiquiátricos no hospital no qual Kesey havia trabalhado no final da década de 50. A história era integralmente narrada pela personagem Chief Bromdem, um nativo-americano “mudo” com mais de dois metros, esquizofrénico e paranóico, sendo igualmente a personagem que assumia o centro de toda a dramatização da obra. Uma vez que o filme transferiria o holofote das atenções para a personagem de Jack Nicholson, Kesey acabaria mesmo por processar os produtores por adulterarem a perspectiva central e o conteúdo da obra original.

Recepção

Aquando do seu lançamento, o filme teve um desempenho extraordinário nas bilheteiras, surpreendendo tudo e todos. À altura, arrecadando cerca de 300 milhões de dólares em todo o mundo, tornou-se o sétimo filme mais rentável de sempre. Seguindo com nove nomeações para os Óscares, acabaria mesmo por se consagrar o maior vencedor da cerimónia organizada em 1976, sendo o vencedor das principais cinco categorias (Melhor Filme, Melhor Actor Principal, Melhor Actriz Principal, Melhor Argumento Adaptado e Melhor Realizador), algo que apenas ocorrera uma vez até então com o filme de Frank Capra, “Uma Noite Aconteceu” (“It Happened One Night”) de 1934, sendo que, até à data, tal feito apenas foi replicado uma vez pelo filme de culto “Silêncio dos Inocentes” (“Silence of the Lambs”) de 1991. Jack Nicholson arrecadaria o seu primeiro óscar para Melhor Actor Principal, após ter perdido no ano transacto pelo filme “Chinatown”, enquanto que “Voando sobre um ninho de cucos” arrebataria o seu principal concorrente, “O Tubarão” (“Jaws”). Para além dos Óscares, o filme arrecadaria uma série de prémios na cerimónia dos Globos de Ouro e dos BAFTA.

 “Voande sobre um ninho de cucos” foi eleito como o trigésimo-terceiro melhor filme de sempre pela AFI (American Film Institute), aquando da elaboração da sua lista “100 anos… 100 filmes”.

115 Visualizações 1 Total
115 Visualizações

A Knoow é uma enciclopédia colaborativa e em permamente adaptação e melhoria. Se detetou alguma falha em algum dos nossos verbetes, pedimos que nos informe para o mail geral@knoow.net para que possamos verificar. Ajude-nos a melhorar.

 

 

Knoow - a divulgar conhecimento pelo mundo